Artur Arede Covid-2019 Opinião

Se há coisas que me deixam desconfortável, incomodado, desorientado mesmo, é ouvir opiniões contraditórias

Se há coisas que me deixam desconfortável, incomodado, desorientado mesmo, é ouvir opiniões contraditórias sobre um tema, não ter a certeza de que lado está a razão e ter que usar apenas a astúcia do equilíbrio entre duas razões, para perceber o que se passa verdadeiramente nas argumentações das partes.
Refiro-me mais concretamente às argumentações e fundamentações usadas para o caso do Covid19 e a forma como a Suécia, ou mais exactamente Andrers Tegnell,que se tornou conhecido por desenvolver a política anti-bloqueio da Suécia, tem gerido a situação. Todavia, já veio admitir esta semana ,que a Suécia está a viver uma disseminação significativa do vírus em todo o país e que a sua política no combate ao Covid estaria errada.

Desenganem-se pois os defensores da imunidade de rebanho, os apelidados “negacionistas”, que a solução não será por aí! Obviamente que nada entendo da língua Sueca para conseguir interpretar sem equívocos, o que se passa na sociedade Sueca e as teses discutidas no seio científico e da própria sociedade.
Tenho tido algumas trocas de opinião em várias páginas dedicadas a discussões relativamente científicas ou pelo menos baseadas em ciência, com pessoas mais ou menos conhecedoras destes temas, com comentários, réplicas e tréplicas sem uma conclusão óbvia, esclarecedora. A radicalização das convicções não permitem na grande maioria daqueles que por cá navegam, a abertura das mentes para além da formatação inserida, o que felizmente não é o meu caso, sempre disponível para aprender.
Com a ajuda do tradutor da GOOGLE lá consegui apanhar o tema. Foi assim que consultei o jornal Sueco DN “Dagens Nyheter” que hoje tem um artigo sobre a questão. Sintetico, analitico e resumidamente.

Ulf Dahlsten, economista, empresário, que foi Secretário de Estado Social no Ministério da Indústria em 1982-1983, não é uma pessoa qualquer. Diz o senhor, que “Foi assim que o egoísmo e a fome de dinheiro criaram o desastre da coroa sueca”, o resto está expresso no artigo, para quem tiver interesse em se esclarecer.

Ver o artigo sobre o Ulf Dahlsten:

Todas as Categorias