Artur Arede Opinião

Donald Trump: Um dilema de segurança nacional

Já muitos de nós sabíamos que a criatura era “macabra”, mas acho que nem os mais cépticos conseguiram imaginar o actual cenário, em que um presidente após sufragado e perdedor, fosse capaz de tamanha desfaçatez.
Enquanto Presidente, Donald Trump já tinha revelado informações altamente confidenciais para atacar os seus adversários, obter vantagens políticas e impressionar ou intimidar governos estrangeiros, em alguns casos, colocando em risco as capacidades de inteligência dos Estados Unidos (EUA).
Já no papel incontornável de ex-Presidente, parece-me que só ele ainda o não entendeu, já que tanto funcionários, como analistas e ex-chefes de Estado acreditam que Trump pode fazer o mesmo, o que representa um dilema de segurança nacional único para o governo Joe Biden.
Todos os Presidentes deixam o cargo sabendo de informações sobre procedimentos para o lançamento de armas nucleares, recolha de inteligência – incluindo dentro de governos estrangeiros – e desenvolvimento de novos sistemas de armas. Contudo, segundo essas autoridades, nenhum novo Presidente teve que temer que o seu antecessor pudesse expor os segredos do país, como pode acontecer agora com Biden.

Além de já ter divulgado informações secretas anteriormente, Trump está “endividado e zangado” com o Governo dos EUA, particularmente com o que descreve como uma conspiração que acredita ter tentado impedir que ganhasse a Casa Branca em 2016 e considera estar a privá-lo da reeleição.
https://www.independent.co.uk/author/shane-harris
Com um interminável historial de “crapulices”seria surreal, mas será que Trumps acabará ao lado de Snowden ou de Assange, numa qualquer República Russa?

Todas as Categorias