Anadia

Escuteiros de Anadia desenvolvem um trabalho meritório

O Prémio do Cidadão Europeu 2020 foi atribuído ao Corpo Nacional de Escutas (CNE). Esta distinção do Parlamento Europeu destaca o trabalho do Escutismo Católico Português ao nível da educação e formação de jovens para a cidadania ativa e para o desenvolvimento de competências.

Segundo Maria Teresa Cardoso, este prémio, muito justo, é também um orgulho para o concelho de Anadia, onde existem quatro agrupamentos de escuteiros, nomeadamente em Anadia, Sangalhos, Avelãs de Cima e São Lourenço do Bairro, que desenvolvem um trabalho meritório, digno de reconhecimento público. A presidente da Câmara Municipal de Anadia considera ainda que os escuteiros, por contribuírem para uma sociedade mais justa e solidária, assumem um papel extremamente importante que merece o apoio e a colaboração do Município de Anadia.

O Prémio do Cidadão Europeu, que será entregue em novembro, visa “recompensar atividades excecionais desempenhadas por cidadãos, grupos, associações ou organizações nos domínios da promoção de uma maior integração dos cidadãos europeus, cooperação, reforço do espírito europeu e no âmbito dos valores consagrados na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia”.

Recorde-se que o CNE, maior associação de juventude em Portugal, foi fundado em 1923 e tem estatuto de Utilidade Pública desde 1983. Baseia a sua ação num programa de educação não-formal, adaptado aos desafios da nova era e em finalidades e princípios do método escutista concebido por Baden-Powell, fundador do Escutismo. Em Portugal, existem cerca de 72 mil escuteiros, distribuídos por mais de mil agrupamentos, em todas as regiões do país.

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias

    X
    Welcome to Our Store
    Welcome to Our Store
    WooChatIcon 0