São João da Madeira

Câmara implementa primeira colónia de gatos de rua

Instalada junto à Avenida do Brasil, esta estrutura permite o arranque da aplicação do programa CED – captura, esterilização e devolução – junto da população felídea.

Trata-se de mais uma resposta do Município de S. João da Madeira dedicada à causa animal. A primeira colónia de gatos controlada da cidade já está em funcionamento e, em simultâneo, tem início o programa CED que, tal como o nome indica, visa a “captura, esterilização e devolução” dos gatos às respetivas colónias.

Esta medida está a ser implementada pelo Município a título de projeto-piloto. A autarquia em articulação com o trabalho de voluntários – cuidadores que subscreveram um compromisso perante a Câmara Municipal – cria as condições para o funcionamento deste equipamento. A gestão técnica da colónia cabe à veterinária municipal.

O Presidente Jorge Vultos Sequeira, acompanhado do Vice-Presidente da Câmara, José Nuno Vieira, e da Provedora dos Animais, Ângela Quaresma, visitaram esta estrutura denominada “Colónia Gato Amigo”, para avaliar o equipamento.

Com a aplicação do programa CED, as colónias controladas pretendem diminuir a população felina silvestre, através de um método ético e eficaz, alimentando os animais em locais autorizados e garantindo a vigilância clínica dos mesmos. Ao mesmo tempo, procura promover uma melhor convivência e tranquilidade entre a vizinhança e os gatos que permanecem na zona da colónia, não colocando em causa a salubridade, a saúde pública e a segurança de pessoas, animais e bens.

Uma outra mais valia das colónias controladas é o encaminhamento dos gatos, após devida identificação e esterilização, para os programas de adoção existentes no município.

Todas as Categorias