Ovar

Agendamento “on time” das cirurgias no Hospital de Ovar é medida pioneira

O Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar (HFZ-Ovar) implementou o agendamento “on time” das cirurgias na especialidade de urologia, uma medida pioneira “com ganhos consideráveis” no processo de gestão do bloco operatório.

Esta é, no fundo, uma solução mais sustentável que recorre à racionalização de recursos”, afirma a diretora do Serviço de Gestão e Admissão de Doentes do HFZ-Ovar, Catarina Meneses. “Os utentes saem da consulta já com todos os exames e cirurgias marcados, podendo até acompanhar este agendamento no Portal do Utente”, explica.  

Em termos operacionais este procedimento aporta ganhos de gestão do processo, que se torna mais ‘cleen’, fluído, previsional e centralizável. Evita cancelamentos e adiamentos de cirurgias, otimizando, assim, a própria gestão do bloco operatório. Por outro lado, é bom para o utente, já que este se organiza pessoal e profissionalmente, tendo a intervenção cirúrgica menos impacto na sua atividade profissional e, do ponto de vista emocional, este processo permite também gerir a natural ansiedade relacionada com a cirurgia”, sublinha.  

Para Catarina Meneses, este é “um passo importante” e surge na lógica de modernização do Serviço Nacional de Saúde (SNS), “aproximando-o, cada vez mais, das pessoas e centrando-o no utente”.   

A responsável médica dos serviços cirúrgicos e do bloco operatório, Eulália Sá, é a primeira a reconhecer a importância da medida que resulta de “um processo organizacional diferente” iniciado quando assumiu as novas funções, em novembro de 2021.   

Estamos a facilitar a vida aos doentes e a nossa organização interna é, agora, substancialmente melhor. Já conseguimos esgotar a lista de espera em urologia, mas o objetivo é fazê-lo em todas as especialidades”, salienta.  

Este é, de facto, o caminho, sempre em prol dos utentes deste hospital, de que gosto muito e onde estou ligada há cerca de 27 anos. Queremos esgotar todas as listas de espera, começando, inclusive, a receber utentes de outras instituições com listas superiores à nossa, onde há casos de doentes que têm de esperar muito mais tempo por uma cirurgia. O futuro vai ser melhor, caminhando”, garante Eulália Sá.  

Segundo o urologista Carlos Ferreira, “esta nova estratégia representa uma mais-valia processual, pois conseguimos prever a data de uma cirurgia e até agendá-la com maior precisão”.   

Para o médico, “o doente pode, assim, melhor gerir as suas expetativas, não só saber a data da cirurgia, mas também preparar – ao ter esta informação imediata – a sua vida pessoal e profissional”. “O HFZ-Ovar tem sido vanguardista em várias áreas, da eficiência à sustentabilidade, com prémios até conquistados. Esta é, nesse sentido, mais uma medida para continuarmos a disponibilizar cuidados de saúde de excelência à população de Ovar, dentro do que nos é possível fazer”, adianta.    

Para o presidente do Conselho Diretivo, Luís Miguel Ferreira, “é notável o esforço das nossas equipas em melhorar a experiência dos utentes quando recorrem ao nosso hospital para usufruírem de cuidados de saúde”, reconhecendo que “apesar de haver ainda um longo caminho a percorrer, é reconfortante pertencer a uma equipa que está sempre empenhada em fazer mais e melhor”. 

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Send this to a friend