Oliveira do Bairro prepara-se para venda de novos lotes na zona industrial de vila verde

Data:

A empreitada da ampliação da Zona Industrial (ZI) de Vila Verde encontra-se em fase de conclusão, já com as infraestruturas e passeios concluídos, prevendo-se que os trabalhos fiquem concluídos durante o próximo mês de setembro.

Paralelamente, já entrou em vigor o regulamento de funcionamento e de venda de lotes da área ampliada, após publicação em Diário da República.

De acordo com Duarte Novo, Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, os próximos passos vão passar pela “abertura de um prazo de candidaturas para a fase posterior de hasta pública de venda dos lotes, sendo que o regulamento também prevê a sua atribuição por ajuste direto, quando o projeto de investimento for reconhecido como de Relevante Interesse Público Municipal”. Em paralelo, avançará também a fase de discussão pública da operação de loteamento.

A expansão da Zona Industrial de Vila Verde, cujo investimento se traduz em cerca de 2,7 milhões de euros, não incluindo a aquisição de terrenos, conta com financiamento de fundos europeus, no valor de cerca de 1,8 milhões de euros, no âmbito de uma candidatura apresentada pela autarquia bairradina ao Programa Operacional Regional Centro 2020.

A área de ampliação da Zona Industrial de Vila Verde conta com 37 lotes para a instalação de empresas, com configurações e áreas distintas, o que, de acordo com Duarte Novo, ”vem permitir uma maior flexibilização da nossa oferta e uma resposta mais adequada às atuais dinâmicas de procura de solos devidamente infraestruturados e aptos para a instalação de atividades económicas”.

Na área de intervenção está previsto um lote destinado à instalação futura de um equipamento de utilização coletiva, localizado numa zona de maior centralidade, na proximidade do traçado da rua da Kiwicoop, assim como percursos pedonais e cicláveis, com condições de segurança reforçadas.

Vão ser ainda criadas áreas verdes, para incorporação de espaços de lazer, através da introdução de elementos arbóreos e arbustivos autóctones e adaptados às condições do local, contribuindo para uma maior atratividade e qualidade da imagem urbana pretendida, em condições de equilíbrio ambiental.

A zona de expansão permite a criação de até 2.266 lugares de estacionamento, incluindo 50 para veículos pesados, sendo 346 em espaço público e até 1.870 em domínio privado, de forma satisfazer as necessidades resultantes da instalação de novas atividades económicas e dos visitantes que tenderão a recorrer aos seus serviços.

Na primeira apresentação do projeto, o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, defendeu que “a zona de expansão da Zona Industrial de Vila Verde vai-se tornar num espaço atrativo e dotado de infraestruturas capazes de garantir o acolhimento e fixação imediata de novas atividades económicas, podendo inclusivamente potenciar a relocalização de unidades empresariais instaladas noutras zonas do concelho, nomeadamente em alguns aglomerados urbanos, que se encontrem física e funcionalmente desenquadradas com a sua envolvente”.

O Executivo Municipal de Oliveira do Bairro prevê, até 2025, um investimento superior a 5,5 milhões de euros nas zonas industriais do Concelho, no âmbito do seu plano de Desenvolvimento Económico, que, de acordo com Duarte Novo, “sempre se assumiu como um dos pilares da nossa estratégia e da visão que temos para o Concelho”.

José Vieira
José Vieira
Desde muito novo ingressou no mundo da comunicação social, em órgãos regionais, tendo sido fundador e diretor de 7 títulos, sendo atualmente diretor dos canais regionais Aveiro TV e Ribeirinhas TV, do Jornal e rádio nacional Abrigo, Correio de Sever e da Rádio regional N16.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Em Águeda, feira promove Desporto Saúde e Bem-Estar

A Feira do Desporto, Saúde e Bem-Estar vai decorrer...

Concurso público para construção do edifício sede da CER em Águeda

A Câmara Municipal de Águeda aprovou em reunião de...

S. João da Madeira “vacina” árvores para combater pragas

Recorrendo aos serviços de uma empresa especializada, a Câmara...

Redução de resíduos indiferenciados em 6% na Mealhada

A Câmara da Mealhada iniciou a recolha de biorresíduos...
Send this to a friend