Águeda

Centro Interpretativo das Magnólias inaugurado em Vale Domingos

Espaço resulta de um projeto apresentado ao Orçamento Participativo de Portugal (OPP) e que cria, em Vale Domingos, um parque  e um espaço de integração social

O Centro Interpretativo das Magnólias, em Vale Domingos, foi inaugurado, na sexta-feira, numa cerimónia que contou com a presença do Executivo Municipal, nomeadamente Jorge Almeida, Edson Santos e João Clemente; do presidente da Associação Cultural e Recreativa de Vale Domingos, Ricardo Pereira; e da Diretora Regional do Centro da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Fátima Araújo Reis.

Este é um projeto do OPP, designado de “Parque Botânico de Vale Domingos”, que teve um investimento de 200 mil euros, e que tinha como objetivo a criação de um centro pedagógico, aberto a todas as pessoas, de qualquer idade e condição, transformando Vale Domingos numa aldeia turística “Capital mundial das Magnólias”.

Este projeto, por indicação do OPP, foi implementado pelo ICNF, em parceria com a Câmara Municipal de Águeda, com a colaboração da Associação de Vale Domingos, o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, a Fundação da Mata do Buçaco e com o apoio das entidades locais e comunidade de Vale Domingos.

Para além da cerimónia de inauguração, este foi o momento para o ICNF entregar o projeto concluído à Câmara Municipal que, agora, o passou à Associação para que o possa utilizar e preservar. “Hoje é um dia de festa, amanhã é outro dia e vamos continuar a trabalhar, porque isto aqui é o princípio”, disse Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, reforçando que este projeto e tudo o que ele implica, com o envolvimento de toda a comunidade de Vale Domingos e o seu propósito de integração social, atrai a atenção de vários quadrantes.

“Esta comunidade deve manter-se unida e focada, porque todo este conjunto de projetos que se têm vindo a fazer aqui, toda a notoriedade, faz cair os olhos de muita gente e entidades sobre nós”, sublinhou o Edil, frisando que esta “é uma responsabilidade muito grande” e que deve ser assumida por todos: Junta de Freguesia, Câmara Municipal, Associação e comunidade.

Jorge Almeida lembra que a Câmara de Águeda apoia e está presente desde a primeira hora neste projeto, que está a mudar a imagem associada à comunidade de Vale Domingos.

“Este projeto, desde o início que é integrador e esta integração social que aqui se projeta é o grande desafio para as gerações futuras”, declarou o Edil.

Um projeto diferenciador

“Este projeto é um exemplo”, declarou Fátima Araújo Reis, diretora regional do Centro do ICNF, lembrando que, por norma, o papel do ICNF no OPP é de interlocutor, mas este caso em concreto obrigou o organismo a um envolvimento mais ativo.

Para a dirigente, “os projetos são as pessoas” e este em Vale Domingos “é um exemplo pelo resultado, pelo envolvimento do ICNF e pela colaboração entre a Câmara Municipal, o ICNF e a comunidade”, esperando que este espaço criado seja “um local muito aprazível para todos aqueles que o vierem a frequentar”.

Ricardo Pereira, presidente da Associação Cultural e Recreativa de Vale Domingos, agradeceu a todos os que contribuíram para a concretização deste projeto, nomeadamente o ICNF, a Câmara Municipal, os voluntários e a comunidade. “Sou uma pessoa diferente desde que começou este projeto e ganhei alguns amigos que são para a vida”, disse, frisando que, embora seja dia de inauguração, “temos muito trabalho pela frente para fazer”

Todas as Categorias