Aveiro

Candidatura de Aveiro a Capital Europeia da Cultura em 2027

– Candidatura a Capital Europeia da Cultura ganha nova dinâmica nas redes sociais –

A candidatura de Aveiro a Capital Europeia da Cultura em 2027 acaba de lançar uma campanha que convida todos a serem seus Ativistas Digitais. O objetivo é fazer de cada simpatizante pelo projeto um elemento ativo nas redes sociais, levando mais longe a sua mensagem. Esta iniciativa marca uma nova etapa na estratégia de afirmação da candidatura nos meios digitais, com conteúdos pensados especificamente para estes suportes.

A estratégia dos Ativistas Digitais é lançada através de um vídeo que desafia toda a comunidade a fazer parte do projeto e a envolver os seus amigos. Cada seguidor passa, assim, a ser um embaixador da candidatura, numa perspetiva horizontal do processo, sendo a marca assumida e partilhada por todos de igual forma. Também no website da candidatura, em www.aveiro2027.pt, há um guia prático para se ser um bom Ativista Digital e envolver cada vez mais gente na iniciativa. Para breve ficam anunciados novos desenvolvimentos desta estratégia.

O projeto Aveiro 2027 foi apresentado pela Câmara Municipal de Aveiro em junho de 2019, tendo por assinatura a expressão “E isto muda tudo”, assim como quatro eixos fundamentais de intervenção: Cultura, Natureza, Tech e Soul. O lançamento aconteceu no Regimento de Infantaria 10, em São Jacinto, lugar histórico e simbólico na preservação dos valores europeus. Em novembro de 2020 foram anunciados os órgãos de gestão da candidatura, numa cerimónia transmitida online a partir do Teatro Aveirense, altura em que foi formalizada a participação dos copromotores do projeto: a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, a Universidade de Aveiro e a Associação de Comércio de Indústria do Distrito de Aveiro. Também o presidente da Comissão de Honra foi apresentado nessa data, cargo ocupado por Carlos Moedas.

A escolha da Capital Europeia da Cultura em 2027 será feita por um júri composto por dez peritos independentes, nomeados por instituições europeias, e para o qual Portugal escolherá dois elementos. O anúncio da candidatura vencedora acontecerá em 2023, título que nesse ano será partilhado com uma cidade da Letónia. Portugal já recebeu a Capital Europeia da Cultura em três ocasiões: 1994 (Lisboa), 2001 (Porto) e 2012 (Guimarães).

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias