Aveiro

Santa Joana com projetos e obras em desenvolvimento

Durante a tarde de segunda-feira, 3 de maio, o Presidente da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), Ribau Esteves, esteve em Santa Joana, no âmbito das diversas ações que estamos realizar por Todo o Município, enquadradas nas celebrações do Feriado Municipal, do dia 12 de maio. O Presidente da Câmara foi acompanhado pelo Presidente da Junta Victor Marques e por alguns Autarcas Municipais e da Freguesia.

Apresentação dos projetos das Escolas Básicas do Solposto e dos Areais

A requalificação e ampliação da Escola Básica (EB) do Solposto é um investimento da CMA de 3.073.438€, que vai permitir a criação de oito salas para o 1.º ciclo, duas salas para o pré-escolar (num só edifício) e a resolução de diversas carências, como são as questões relacionadas com a segurança, a eficiência energética do edifício, a qualidade e o conforto do espaço dos edifícios e do recreio e que foi apresentada esta tarde.

No que respeita à EB dos Areais, que também teve um momento de apresentação, a CMA vai investir 1.370.877€ na reabilitação das suas atuais quatro salas de 1.º Ciclo e na renovação total da sala de Jardim de Infância e de toda a área de recreio. O projeto apresentado dá prioridade ao melhoramento das condições térmicas e de conforto e à renovação das infraestruturas de iluminação e rede de águas. Pode ver as imagens do projeto no Facebook ou no Twitter da CMA, em: https://www.facebook.com/watch/municipiodeaveiro/ e em https://twitter.com/cmaveiro .

Depois de no início de 2021 terem avançado para o terreno a reabilitação e ampliação das Escolas Básicas da Póvoa do Paço, Quintã do Loureiro e Azurva, prossegue com intensidade o trabalho de recuperação do Parque Escolar Municipal de acordo com a nova Carta Educativa do Município. Além destas Escolas, estão ainda previstas intervenções nas Escolas Básicas das Barrocas e Bonsucesso, além da nova EB de Eixo e do novo Centro Escolar de Nossa Senhora de Fátima (todas em concurso público de obra).

Estas nove obras correspondem a um investimento total da CMA em 2021 e 2022 de 18 milhões de euros.

Visita à obra na envolvente à Capela de São Brás

O Presidente da CMA aproveitou o momento para se deslocar à Rua de São Brás, onde se encontra em fase final de execução a obra de alargamento e arranjos urbanísticos do gaveto deste arrumamento com a Rua Chão de Além e da área envolvente da Igreja de São Brás.

Após a demolição de um dos imóveis que prejudicava a segurança e visibilidade do local, seguiu-se a fase de arranjos em toda a área, sendo desde já possível verificar a qualificação urbana, que permite mais e melhores condições de circulação para peões e condutores. Com a criação de uma baia de estacionamento e zona pedonal, está também prevista a colocação de oito árvores, criando também uma agradável zona de estar.

Com um custo de 70.000€ e em execução pela empresa Henriques, Fernandes & Neto, S.A., a CMA tinha já adquirido em 2019 o terreno com o imóvel entretanto demolido, com uma área de 448,75m2, pelo valor de 45.000€.

Pavimentações em curso

No âmbito da empreitada de manutenção, pavimentações e pequenos arranjos urbanísticos que a CMA tem em execução em Santa Joana para recuperação de 11 estradas, decorrem trabalhos de qualificação nos seguintes arruamentos: Rua da Quinta do Torto, Rua Pinhal da Silva, Rua 21 de Julho, Travessa da Rua 21 de Julho e Rua Azenha da Moita, tendo sido feita a visita a alguns deles. A empreitada está a cargo da empresa Pedreiras Sacramento S.A., pelo valor de 768.707,70€.

Polidesportivo e zona verde junto à FIDEC

Neste périplo por Santa Joana, foi apresentado o projeto (em fase final de execução) do espaço verde e de lazer com Polidesportivo e um Parque Infantil a edificar junto ao “Campo Desportivo da FIDEC” e do Armazém da Junta de Freguesia de Santa Joana (na sua zona Sul, com frente para a Rua do Cócaro).

A parcela de terreno com a área de 4.025m2, onde vai nascer este novo espaço, foi adquirido pela CMA em 2020 à Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Joana, pelo valor global de 80.500€. Após a conclusão do projeto segue-se o necessário concurso público e a obra.

Reabilitação e Investimento com intensidade e planificação

Prossegue assim o investimento regular distribuído por todo o Município, devidamente planificado e com sustentabilidade financeira, visando a conservação das infraestruturas rodoviárias existentes, gerindo bem a opção de cumprirmos os compromissos que assumimos, sendo que para 2021 a CMA prevê um investimento de 18 milhões de euros na qualificação urbana e viária.

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias