Aveiro Educação

AEVA recebe prémio inclusivo E+ no setor do ensino e formação profissional

A Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação (ANE+EF)  tem vindo a desenvolver um trabalho ímpar na área da inclusão e da promoção das potencialidades do Programa Erasmus+ junto dos públicos com menos oportunidades, através do trabalho desenvolvido pelo conjunto de trabalhadoras da ANE+ EF, que constituem o Grupo de Trabalho Equidade e Inclusão.

A Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação (ANE+EF)  tem vindo a desenvolver um trabalho ímpar na área da inclusão e da promoção das potencialidades do Programa Erasmus+ junto dos públicos com menos oportunidades, através do trabalho desenvolvido pelo conjunto de trabalhadoras da ANE+ EF, que constituem o Grupo de Trabalho Equidade e Inclusão.

Atuando na base da Estratégia de Equidade e Inclusão da Agência Nacional Erasmus+, para além de um conjunto de iniciativas e atividades que foram desenvolvidas ao longo do ano, a ANE+EF realizou, no dia 30 de novembro, o VI Seminário Erasmus+ Equidade e Inclusão potencialidades do programa Erasmus+.

Este ano, num formato híbrido, o evento ganhou uma dimensão internacional, não só com a participação de vários oradores internacionais, mas também porque foi transmitido para todo o mundo através das redes sociais, com tradução integral em inglês.

Num evento que teve a duração de 6 horas, a abertura ficou a cargo do Diretor da Escola Profissional Amar Terra Verde, João Nogueira, da Diretora da Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação, Ana Cristina Perdigão, e da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes.

O evento contou com várias temáticas como diversidade e mobilidade, igualdade e não discriminação, acessibilidade, oportunidades do Programa Erasmus+, internacionalização e inclusão e diversidade e inclusão, onde onze oradores, com créditos reconhecidos, apresentaram as suas ideias e experiência neste caminho tão difícil, mas ao mesmo tempo gratificante pelos resultados que têm sido alcançados.

Destas intervenções destaca-se a apresentação de ferramentas, instrumentos e projetos que, com um enquadramento europeu, acabam por estimular a diversificação da oferta do programa e encorajam a participação dos estudantes, ao mesmo tempo que lhes providenciam o suporte necessário, e a referência às barreiras ainda existentes e a uma luta de muitos anos para as tentar quebrar, trazer conhecimento e dar voz a muitas pessoas que vivem no silêncio.

No decorrer do evento foram ainda entregues quatro Prémios Inclusivos E+, uma ferramenta criada pela Agência Nacional para promover e dar destaque às instituições, uma de cada setor de ensino, que se destacaram pela sua atuação no campo da Equidade e Inclusão. A AEVA recebeu um destes Prémios Inclusivos E+, no setor do Ensino e Formação Profissional, pelo projeto 2020-1-PT01-KA202-078758 – Learning Through Game Playing – an Inclusive Approach! do qual é a entidade coordenadora! 

Neste evento foram ainda apresentados vídeos sobre os Role Models, que, ao longo das duas edições da Iniciativa Europeia Network of Role Models, juntamente com as respetivas Câmaras Municipais, foram dando um contributo fundamental na implementação da Estratégia de Equidade e Inclusão da Agência Nacional Erasmus+, que, com esforço, nos seus territórios, procuraram alterar paulatinamente mentalidades em prol da inclusão, sempre com a chancela do Programa Erasmus+.

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo