Oliveira do Bairro

Oliveira do Bairro integra orgãos sociais da APTCVC

O Município de Oliveira do Bairro integra, pela primeira vez, os órgãos sociais da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica (APTCVC), uma rede de parceiros na área da cerâmica, potenciadora do intercâmbio de experiências e conhecimentos, vitais para a preservação e conservação desse património.

Lília Ana Águas, Vereadora da Cultura e do Turismo da autarquia bairradina, foi eleita Vogal do Conselho Fiscal da associação, tendo tomado posse em cerimónia realizada na cidade de Alcobaça, no passado dia 29 de janeiro.

A autarca de Oliveira do Bairro encontra nesta eleição “o reconhecimento, por parte dos Municípios que integram a associação, do contributo que temos dado neste contexto e do trabalho que temos realizado na preservação e promoção da nossa tradição cerâmica”.

De acordo com Lília Ana Águas, a indústria cerâmica tem “uma grande tradição e importância no Concelho de Oliveira do Bairro, que queremos potenciar enquanto fator identitário da nossa história e como património relevante da nossa oferta turística”.

Das iniciativas que a autarquia bairradina tem implementado nos últimos anos com o objetivo de dar visibilidade à cerâmica, enquanto “marca diferenciadora” do Concelho, destaca-se a reabilitação da antiga Cerâmica Rocha, que funcionou até ao início da década de 90 do século passado como fábrica de cerâmica e grés, num investimento de cerca de 700 mil euros.

Este espaço, inaugurado em julho de 2021, já promoveu e recebeu várias iniciativas no âmbito da cerâmica, como a exposição itinerante “Cerâmica Portuguesa”, da APTCVC, e as oficinas criativas de música com materiais cerâmicos, destinadas ao público mais jovem, para além de ter recebido a 1.ª edição do curso “Tecnologia Cerâmica”, promovido pela Universidade de Aveiro e pelo Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV).

Outros exemplos de iniciativas promovidas pelo Município no âmbito da cerâmica, são o mural de arte urbana na entrada da cidade, que apresenta elementos referentes a essa tradição, e o levantamento do património azulejar realizado em 2019, através da inventariação dos edifícios com azulejos existentes no concelho, que já deu origem a várias atividades.

Sobre a APTCVC

A APTCVC foi fundada em abril de 2018, tendo como membros municípios com fortes tradições ou importância económica no campo da cerâmica artesanal, patrimonial ou industrial.

Os principais objetivos desta associação passam pela defesa, valorização e divulgação do património cultural e histórico cerâmico, bem como o intercâmbio de experiências entre os associados, nomeadamente a nível da conservação do património, e o estabelecimento de parcerias entre cidades e vilas com vínculos tradicionais à cerâmica, seja do tipo produtivo, cultural ou de qualquer outro âmbito.

A APTCVC tem ainda por objetivo a promoção da criação artística e a difusão da cerâmica tradicional e contemporânea, bem como o incentivo de relações de cooperação e intercâmbios entre os municípios associados, a nível nacional ou na rede europeia.

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Send this to a friend