Albergaria-à-Velha Live

Município de Albergaria-a-Velha entrega desfibrilhador à GNR

No âmbito do Programa Municipal de Desfibrilhação Automático Externo, o Município de Albergaria-a-Velha entregou, ontem, um desfibrilhador automático externo (DAE) à GNR. Estiveram presentes o Comandante do Posto Territorial de Albergaria-a-Velha, Sargente-Chefe Virgílio Bandeira, o Comandante do Destacamento Territorial de Águeda, Capitão Jorge Marques, e o Comandante Territorial de Aveiro da GNR, Tenente-Coronel João Fernandes.

A disponibilização de um DAE à GNR vem no seguimento da instalação destes equipamentos em vários espaços municipais. No total, estão 15 desfibrilhadores ao dispor da população, encontrando-se mais 2 em fase de licenciamento pelo INEM.

Para assegurar a presença de um mínimo de operadores DAE, o Município já formou colaboradores do Município, elementos de Associações Culturais e Clubes Desportivos do Concelho e, agora, elementos da GNR, totalizando até ao momento 96 operacionais em DAE. Estes últimos receberam ontem os certificados, que os habilitam a utilizar os desfibrilhadores sempre que se revelar necessário.

O DAE entregue à GNR vai equipar o veículo utilizado pelo posto territorial, cedido pela Câmara Municipal, sendo este o primeiro veículo do distrito de Aveiro a disponibilizar um desfibrilhador. Em situações de emergência, tais como acidentes de viação, incêndios ou desastres naturais, os elementos da GNR são, muitas vezes, os primeiros a chegar ao local. Estando equipados com um DAE e formados para a sua utilização, o socorro a pessoas em paragem cardiorrespiratória é mais célere, sendo possível prestar um melhor acompanhamento das vítimas antes da chegada dos Bombeiros ou do INEM. É de salientar ainda a maior proximidade que os elementos da GNR têm com a população, através das vigilâncias, rondas e outras missões.

Para a Câmara Municipal, implementar um Programa Municipal de Desfibrilhação Automática Externa (PMDAE) é assumir um compromisso em salvar vidas e ser um Concelho resiliente. Com a instalação destes equipamentos em vários espaços que prestam um serviço à comunidade, aumenta-se a probabilidade de sobrevivência e salvaguarda-se a qualidade de vida das pessoas que possam sofrer uma paragem cardiorrespiratória.

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Send this to a friend