Mar Film Festival arranca este fim de semana em Ílhavo 

Data:

“Sol Posto – Capitão Fausto” apresenta versões inéditas do repertório da conhecida banda portuguesa e três performances gravadas ao vivo e em exclusivo para o filme que se destacam por acontecerem em três momentos do dia: crepúsculo, noite e alvorada. O filme realizado por Ricardo Oliveira mostra os aspetos da experiência de um concerto e é uma oportunidade de quebrar a barreira física entre palco e plateia ao aproximar o espetáculo do espectador. Os Capitão Fausto salientam que a película traz “uma reflexão sobre a passagem do tempo e sobre a sua perceção, e assim como enfrentamos a ideia de um período de ponderação em vez de ação, e de suspensão em vez de concretização, acontece durante as horas de Sol Posto, palco do descanso, da reclusão, dos sonhos e dos planos, da escuridão, da espera e do desconhecido.” 

O domingo,13 de novembro, é dedicado a documentários que cruzam filmagens entre o passado e o presente. As obras “O que Não se Vê” e “Se o Mar Deixar” são exibidas a partir das 16h. 

“O que não se Vê” é um documentário construído a partir de viagens de pesquisa para um filme nos Açores, entre 2015 e 2016, nas ilhas do Pico e Faial. Anos mais tarde, ao voltar ao material captado, o realizador encontrou um outro filme. Um filme escondido, em que o poder da Natureza e o Acaso revelam uma narrativa sobre a amizade, o cinema e a influência do imprevisto na criação artística. Já “Se o Mar Deixar” é o resultado de 15 anos de filmagens onde se cruzam o olhar de Pedro Aguilar, autor das imagens, e de António Escaleira, um pescador de Azenha do Mar e se narra a história de uma grande amizade entre dois amigos provavelmente improváveis. 

Até ao fim do mês há mais dois fins de semana de cinema. Entre 19 e 20, destaque para a “Secção especial: António Campos”. No ano do centenário do nascimento do pioneiro no género docuficção em Portugal recuamos a 1975 para uma secção especial, com exibição do filme “Gente da Praia da Vieira” e da curta “A Festa

Além das obras de António Campos, os dias são dedicado a filmes de 2021. A 26 e 27 de novembro mostram-se estreias de 2022. 

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Fábrica da Fantasia abre as portas aos bastidores do Carnaval de Estarreja [4 e 5 fevereiro]

à história de um dos maiores e mais antigos...

Carta Metropolitana para a Cultura em discussão pública em S. João da Madeira

A 9 de fevereiro, às 21h30, nos Paços da Cultura. Inscrições online gratuitas.

Sessão temática aborda competências socioemocionais e saúde mental no dia 8 de fevereiro às 18h00 na Escola das Fontainhas

A participação é gratuita e aberta ao público em geral, mediante inscrição online.

1º Meeting da ação INDUSTRY MEETINGS 4.0 do Metal4Future foi um sucesso contando com 24 participantes

Na manhã de dia 26 de janeiro realizou-se o primeiro de quatro meetings da ação INDUSTRY MEETINGS 4.0, na Aida CCI em Aveiro, com Afonso Lopes da Hozen Consulting a falar sobre “Inovação e Transformação Digital”.
  • https://c32.radioboss.fm:18609/stream

Send this to a friend