Festival do moliceiro regressa às folsas novas com possibilidade de passeios de barco moliceiro

Data:

O XXXVI Festival do Moliceiro está de volta ao Cais das Folsas Novas, no dia 30 de julho, a partir das 15h00. Uma oportunidade imperdível para apreciar a beleza dos barcos moliceiros, mergulhar na história e tradição da região e desfrutar de momentos de folclore e cultura. Este ano, com a novidade de ser possível passear, de Barco Moliceiro, no Rio Boco. 

O festival iniciará junto à Ponte da Fareja, a ponte mais antiga que atravessa este canal, onde os visitantes terão a oportunidade de assistir ao desfile dos tradicionais moliceiros que navegarão pelas águas, exibindo a sua beleza e história. 

Mais tarde, os barcos moliceiros chegarão ao cais das Folsas Novas, onde ocorrerão diversas atividades a começar com a recriação do leilão de moliço e junco, uma tradição que remota aos tempos em que os moliceiros eram utilizados para a colheita de algas. 

Além disso, a celebração cultural contará com a participação do Grupo de Folclore de Santo António de Vagos e dos grupos folclóricos convidados que apresentarão um espetáculo de folclore autêntico. 

A novidade, deste ano, prende-se com a possibilidade de os participantes poderem fazer passeios de moliceiro no Rio Boco com um valor associado por pessoa. 

Este evento, organizado pelo Grupo Folclórico de Santo António, conta com o apoio da Câmara Municipal de Vagos e realiza-se nas Folsas Novas, um local pitoresco e emblemático da região que oferece um pequeno passadiço de madeira que leva a um miradouro com vista para o Canal do Rio Boco. Este cais é simbolicamente importante para a celebração do Festival, uma vez que, desde 1984, é realizada neste local a representação autêntica do desembarque do moliço da Ria, como parte integrante do Festival do Moliceiro.  

Programa: 

15h00 Início do desfile de barcos moliceiros junto à Ponte da Fareja 

16h00 Chegada dos barcos moliceiros aos cais das Folsas 

  • Recriação do leilão de moliço e junco; 
  • Apresentação de folclore: 
  • Grupo Folclórico de Santo António de Vagos; 
  • Rancho Folclórico Cultural do Covão do Coelho- Minde, Alcalena; 
  • Rancho Folclórico de Santa Eufémia de Pé de Moura- Gondomar; 
  • Rancho Folclórico Os Azuraras de Quintela– Mangualde; 
  • Rancho Folclórico e cultural Nossa Senhora de Monte Pedroso- Vila Nova de Gaia. 
Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Boas-practicas de arquivos em encontro ibérico

O Município de Albergaria-a-Velha marcou presença no II Encuentro...

Apoio ao arrendamento em Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro volta a...

Câmara da Mealhada com obras nas unidades de saúde no valor de 3,5 milhões

Foram assinados em Coimbra, os contratos de financiamento para...

Biblioteca de Albergaria-a-Velha celebra 11 anos

No dia 21 de Junho, sexta-feira, às 20h30, haverá...
Send this to a friend