Estarreja

Carnaval de Estarreja e o combate à pandemia


Neste ano atípico, o cartaz de 2021 do Carnaval de Estarreja não anuncia a programação, mas vem divulgar as medidas de prevenção contra a COVID-19 e que podem salvar vidas. Em contexto de pandemia e confinamento geral, o Carnaval é para ser celebrado em casa com um programa online, acompanhado de uma campanha de sensibilização protagonizada pela mascote Lókas.

As antigas Batalhas das Flores, no início do século XX, deram início à história de um dos maiores e mais antigos cortejos carnavalescos do país. 100 anos depois, a “batalha” faz-se contra um inimigo invisível. 

A pandemia COVID-19 impede os foliões de saírem à rua e “o melhor espetáculo de Carnaval” ao vivo e a cores fica em suspenso. Mas não poderíamos deixar passar em branco esta “marca identitária e cultural do nosso território. Queremos que os Estarrejenses vivam esta época tão significativa para toda a comunidade no conforto da sua casa. Vamos levar o carnaval até às pessoas através das plataformas online do Carnaval e do Município”, anuncia a Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja, Isabel Simões Pinto.

A estreia do DVD do Carnaval de 2020, com os melhores momentos da última edição, abre o programa na próxima sexta-feira, dia 5 de fevereiro, desenhado para assinalar as datas mais marcantes do evento em Estarreja, até dia 16, terça-feira de Carnaval.

O Carnaval assume a sua força enquanto evento da comunidade para chegar aos Estarrejenses, com o objetivo de os sensibilizar para as medidas de prevenção da COVID-19. A campanha de comunicação renova o apelo para que se respeitem as práticas que todos devem adotar para evitar o contágio e combater o vírus Sars Cov 2.

A mascote do Carnaval, a simpática Lókas, volta a protagonizar o cartaz, mas desta vez surge preparada para destruir a COVID-19, lembrando que as nossas melhores armas de combate são: ficar em casa, usar máscara, lavar as mãos e manter o distanciamento social.

“A nossa mascote do Carnaval vai estar empenhadíssima em combater a COVID-19”, afirma Isabel Simões Pinto, numa alusão ao jogo de computador “Vai-te Covid. A Lókas no espaço”, inspirado nos jogos Arcade e criado para reforçar essa mensagem, em especial junto do público infantil e das suas famílias.

Com forte tradição em Estarreja, o Carnaval também levará essa mensagem às ruas, com “alguns apontamentos decorativos na cidade, com o apelo fiquem em casa, mas não deixando esquecer que somos Cidade de Carnaval”, sublinha Isabel Simões Pinto.

A responsável lembra que a decisão de anular os grandes corsos foi tomada em setembro em 2020, numa ação concertada da Rede de Cidades de Carnaval da Região Centro (Estarreja, Ovar, Mealhada, Figueira da Foz e Torres Vedras), salvaguardando-se “em primeiro lugar, a saúde e segurança das pessoas”. Nessa altura, admitia-se um “plano B” com a promoção de iniciativas para assinalar o evento, mas a evolução da situação epidemiológica também veio impedir que se realizassem.

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias

    X
    Bem vindo ao Aveiro TV
    O portal da noticioso da comunidade aveirense
    WooChatIcon 0