Estarreja

Conversa com o moleiro Jesus Almeida no Dia Nacional dos Moinhos

Neste Dia Nacional dos Moinhos, o projeto Avivar Memórias recupera memórias de um antigo moleiro, hoje com 91 anos, que trabalhou toda a sua vida em torno desta atividade tradicional. A conversa com Jesus Almeida é transmitida hoje às 19h30, nas redes sociais do Município (Youtube e páginas de Facebook do Município e Rede de Bibliotecas). Como forma de assinalar este dia, também estarão abertos dois Moinhos em Avanca: o de Meias, na Quinta do Marinheiro, e o de Arcã.

Este património molinológico está presente no nosso território, convidando a belos passeios à descoberta destes exemplares. Os moinhos têm um inestimável valor patrimonial e representam um percurso de tradições e memórias deixadas pelos nossos antepassados que, com recurso aos moinhos e azenhas, moíam o grão dos cereais e utilizavam a farinha para fazer o pão.

O Moinho de Egas Moniz

Recuperado pela Câmara Municipal de Estarreja, esta é uma das heranças construídas que importa salvaguardar, como uma das nossas marcas de identidade rural e desta forma contribuir para a valorização do património molinológico do concelho.

Localizado na Quinta do Marinheiro, Avanca, o Moinho de Meias é hoje um espaço pedagógico onde se realizam atividades lúdicas e de educação ambiental. O engenho dos moinhos, agora em funcionamento, traz à tona um modo de vida de um passado não muito longínquo e relembra a força motriz da água como um bom exemplo de aproveitamento dos recursos naturais.

Os interessados em visitar este moinho devem dirigir-se à Casa Museu Egas Moniz (até às 16h30).

No próximo dia 23 de abril, a sessão online das Histórias em Família, da Biblioteca Municipal de Estarreja, também será alusiva a esta temática. Para assistir na página do Facebook da Rede de Bibliotecas Estarreja, às 11h.

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias