Águeda

Câmara e ABIMOTA definem localização de CIT (Centro de Interface Tecnológica)

A Câmara Municipal de Águeda e a ABIMOTA estiveram reunidas, na passada sexta-feira, dia 10 de dezembro, para definirem a criação de um CIT – Centro de Interface Tecnológica em Águeda.

Neste encontro estiveram presentes o Presidente e Vice-Presidente da Câmara de Águeda, respetivamente Jorge Almeida e Edson Santos, e ainda o Chefe de Divisão Pedro Alves, bem como o Presidente, Vice-Presidente e Secretário-geral da ABIMOTA, respetivamente João Miranda, Miguel São Bento e Gil Nadais.

A ABIMOTA, que solicitou esta reunião, apresentou globalmente os projetos em que está envolvida, nomeadamente o concurso às Agendas Mobilizadoras, que reúne 34 empresas, universidades e institutos de investigação e que viu, recentemente, validado o seu mérito, tendo passado à segunda fase do processo de seleção com uma avaliação de “Muito Bom”.

Destaque, ao nível deste concurso, para o projeto de criação de um CIT, que visa dar resposta, principalmente, ao setor das duas rodas, uma vez que Portugal é o maior produtor europeu de bicicletas e componentes.

Esta nova infraestrutura irá criar condições para apoiar a inovação e o desenvolvimento de novos materiais, produtos e modelos, trazendo para Portugal competências na área da inovação e desenvolvimento que, atualmente, estão centralizados noutros países.

Cientes do interesse e valor de uma infraestrutura deste tipo para o setor das duas rodas e mobilidade suave, mas também para a economia local, regional e nacional, a Câmara Municipal de Águeda e a ABIMOTA chegaram à conclusão de que a melhor localização para a instalação do CIT será o Parque Empresarial do Casarão, tendo acordado desenvolver todos os trâmites subsequentes necessários à concretização do investimento (em termos de localização e aquisição de lotes para esta finalidade).

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Send this to a friend