Direitos e deveres de trabalhadores migrantes em discussão em Oliveira do Bairro

Data:

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro vai promover no próximo dia 8 de Novembro, às 18h00, um workshop intitulado “Trabalhadores Migrantes em Portugal: direitos e deveres”, destinado à população migrante, nacionais de países terceiros. 

A sessão vai decorrer no edifício da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e abordará as várias modalidades de contrato de trabalho existentes em Portugal, bem como os direitos e deveres dos trabalhadores.  

Sandra Magueta e Marta Pinto, Inspetoras do Trabalho da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), vão dinamizar a sessão. 

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até 3 de novembro, através de formulário digital, disponível no site e redes sociais do Município de Oliveira do Bairro. 

Esta ação integra a iniciativa “Emigração & Emprego”, promovida pela autarquia de Oliveira do Bairro no âmbito dos projetos “Oliveira Mundo de Gentes” e “Oliveira do Bairro Acolhe”, em colaboração com o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) de Oliveira do Bairro. 

A iniciativa visa a capacitação e autonomização dos migrantes na resolução de questões relacionadas com o emprego. 

Sobre os projetos “Oliveira Mundo de Gentes” e “Oliveira do Bairro Acolhe” 

O projeto “Oliveira Mundo de Gentes” visa promover o acolhimento e a integração social e cultural de pessoas originárias de países terceiros, através de ações que envolvem as entidades do setor cultural e outras entidades da sociedade de acolhimento. Pretende ainda facilitar o acesso ao mercado de trabalho, promovendo a sua integração profissional e o exercício dos seus direitos e deveres. Este projeto é cofinanciado pelo Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração (FAMI), com uma comparticipação comunitária de 46.033,75€ e contrapartida nacional de 15.344,58€. 

O projeto “Oliveira do Bairro Acolhe” tem como objetivo prestar apoio aos beneficiários ou requerentes de proteção internacional ou proteção temporária, oriundos do Afeganistão e da Ucrânia, através da sua receção, acolhimento e integração no concelho de Oliveira do Bairro, em articulação com a rede social local e com os serviços e entidades regionais e nacionais responsáveis neste domínio de intervenção. Este projeto tem financiamento do FAMI no valor de 106.128,62 euros, correspondente a uma comparticipação de 75% do valor total elegível de 141.504,83 euros. 

Artur Arede
Artur Arede
Desde sempre ligado à comunicação, Artur Arede passou por órgãos nacionais, bem como por órgãos regionais, Rádio Soberania, RCV, etc. Atualmente, está ligado à comunicação, como subdiretor do Aveiro TV, Correio de Sever , Ribeirinhas TV e Jornal Abrigo.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Em Águeda, feira promove Desporto Saúde e Bem-Estar

A Feira do Desporto, Saúde e Bem-Estar vai decorrer...

Concurso público para construção do edifício sede da CER em Águeda

A Câmara Municipal de Águeda aprovou em reunião de...

S. João da Madeira “vacina” árvores para combater pragas

Recorrendo aos serviços de uma empresa especializada, a Câmara...

Redução de resíduos indiferenciados em 6% na Mealhada

A Câmara da Mealhada iniciou a recolha de biorresíduos...
Send this to a friend