Redução de resíduos indiferenciados em 6% na Mealhada

Data:

A Câmara da Mealhada iniciou a recolha de biorresíduos no concelho, centrando-se, nesta primeira fase, na restauração e hotelaria o Município, estando já identificados 150 locais que irão receber baldes de 20 litros e contentores de 120 litros. Ao nível do sector residencial, o Município dará prioridade aos grandes produtores de biorresíduos do concelho, designadamente, os edifícios em propriedade horizontal, estando prevista a distribuição baldes e contentores em 1.324 alojamentos. Com esta recolha, estimada em 450ton/ano, prevê que consiga reduzir em cerca de 6% o volume de resíduos enviados para resíduos indiferenciados, já neste primeiro ano.

Depois da implementação do serviço de recolha porta-a-porta dos resíduos de vidro, papel/cartão e plástico/metais, o Município da Mealhada avança agora para recolha de biorresíduos. No Canal Horeca, nas escolas, nas indústrias com cantina, nos hotéis e em todos os produtores de biorresíduos, cuja produção o justifique, irão ser distribuídos baldes de 20 litros e contentores de 120 litros com pedal e identificador.

No setor residencial, irão ser distribuídos baldes de 20 litros por cada fração residencial, e instalados contentores de 120 litros, para recolha porta-a-porta, em locais comuns aos prédios.

O Município irá ainda distribuir 14 contentores de 800 litros por todos os cemitérios do concelho para recolha seletiva dos biorresíduos e material verde.

Numa segunda fase, a intenção é massificar a recolha com a distribuição de mais de 4000 contentores de 120 litros de cor castanha e de mais de 2600 baldes de 20 litros.

“A recolha seletiva de biorresíduos (restos de comida) vai ser obrigatória em Portugal e é importante implementar este novo hábito. As pessoas devem ter presente que ao separar os restos de comida estão a reduzir os resíduos enviados para aterro, a aumentar os materiais que vão ser reciclados e a produzir um composto de alta qualidade, um fertilizante natural para os solos. E que destes mesmos solos iremos colher os legumes e frutas que vão voltar a estar nas nossas cozinhas”, refere António Jorge Franco, presidente da Câmara Municipal da Mealhada.

Artur Arede
Artur Arede
Desde sempre ligado à comunicação, Artur Arede passou por órgãos nacionais, bem como por órgãos regionais, Rádio Soberania, RCV, etc. Atualmente, está ligado à comunicação, como subdiretor do Aveiro TV, Correio de Sever , Ribeirinhas TV e Jornal Abrigo.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Boas-practicas de arquivos em encontro ibérico

O Município de Albergaria-a-Velha marcou presença no II Encuentro...

Apoio ao arrendamento em Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro volta a...

Câmara da Mealhada com obras nas unidades de saúde no valor de 3,5 milhões

Foram assinados em Coimbra, os contratos de financiamento para...

Biblioteca de Albergaria-a-Velha celebra 11 anos

No dia 21 de Junho, sexta-feira, às 20h30, haverá...
Send this to a friend