Cultura Live São João da Madeira

Mais de 70 originais de poesia disputam Prémio Literário João da Silva Correia

As obras – 20 das quais de fora do país – estão a ser analisadas pelo júri, constituído pelo ex-Ministro da Cultura Luís Castro Mendes, pelo poeta José Fanha e por António Baptista Lopes, da editora Âncora, parceira da autarquia nesta iniciativa.

A Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo, em S. João da Madeira, recebeu 72 originais de poesia, que concorrem à presente edição do Prémio Literário João da Silva Correia, um número que dá continuidade ao aumento de participantes registado nos últimos anos.

Esse crescimento é indissociável da maior abrangência geográfica que o concurso passou a ter, desde 2019, ano em que a Câmara Municipal de S. João da Madeira, promotora deste prémio literário, alterou a norma que impunha que os candidatos tivessem ligação ao concelho.

Dos 72 originais recebidos no âmbito da edição atual deste concurso que distingue originais de poesia em língua portuguesa, regista-se um conjunto relevante de obras que chegam de fora do país, principalmente do Brasil (18), mas também da Suiça (1) e da Suécia (1).

Assinados sob pseudónimo, esses trabalhos literários estão agora a ser analisados pelo júri do concurso, que inclui o embaixador, diplomata, escritor e poeta Luís Castro Mendes – Ministro da Cultura entre abril de 2016 a outubro de 2018 –, e o poeta e escritor de literatura infanto-juvenil José Fanha, um dos comissários do Festival Poesia à Mesa.

Faz também parte do júri António Baptista Lopes, responsável da editora Âncora, com a qual o Município de S. João da Madeira mantém uma parceria no que se refere à distinção dos livros que vencem este concurso literário, cujos autores são premiados com a publicação da obra.

Concluída que esteja a avaliação dos 72 originais por parte do júri, o resultado será publicado na página online da Câmara Municipal de S. João da Madeira (www.cm-sjm.pt), bem como da Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo (https://biblioteca.cm-sjm.pt/), serviço através do qual é operacionalizado este prémio que tem o nome do escritor e jornalista sanjoanense João da Silva Correia (1896-1973), autor do romance “Unhas Negras”.

Publicidade

Siga-nos no facebook

Publicidade

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Send this to a friend