São João da Madeira

Carlos Ribas é o comissário do 16 de Maio

Deputado à Assembleia da República, o advogado sanjoanense foi responsável pela apresentação de projeto de lei para elevação de S. João da Madeira a cidade, data que é celebrada no domingo.

S. João da Madeira comemora no domingo, 16 de maio, o 37.º aniversário da sua elevação a cidade, um processo legislativo no qual foi determinante o papel de Carlos Ribas, então deputado à Assembleia da República, que, nessa qualidade, apresentou um projeto de lei prevendo a concretização dessa aspiração sanjoanense.

Na sequência de convite endereçado pelo Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, o ex-parlamentar é o comissário das Comemorações do Dia da Cidade e irá intervir na sessão solene que decorrerá na Casa da Criatividade, no domingo, às 11h00. Carlos Ribas sucede, nessas funções, ao advogado e escritor Manuel Pereira da Costa e ao médico e poeta Flores Santos Leite.

Essa cerimónia incluirá também atuações da Banda de Música, a entrega do Prémio Literário João da Silva Correia e a assinatura de protocolos de novos aderentes ao programa municipal de Turismo Industrial.

Inaugurações

O programa do dia abre, no entanto, antes da sessão solene, com as inaugurações de três espaços municipais de apoio social que foram requalificados pela autarquia: no Orreiro, o Espaço Vida (9h15) e, no Parrinho, o Espaço Renascer (9h45) e o Espaço Acontece (10h15).

Ao início da tarde, as comemorações do Dia da Cidade prosseguem em Fundo de Vila, com a inauguração do ringue polidesportivo junto ao parque infantil Folhas Vivas (15h00) e da Pista Alberto Batista (15h30).

Espetáculo “Ecce Homo”

O programa do 16 de Maio culmina às 17h00, com o espetáculo “Ecce Homo”, na Casa da Criatividade, onde o Coro de Câmara de S. João da Madeira e a Orquestra Barroca vão subir ao palco para um concerto narrado.

“Tendo como ponto de partida a expressão proferida por Pôncio Pilatos, aquando a apresentação de Jesus Cristo aos judeus, ‘Ecce Homo’ (Eis o Homem) apresenta-se como um espetáculo dicotómico entre a vulnerabilidade do Homem enquanto ser humano e a sua tentativa de aproximação e transcendência ao divino”, lê-se na sinopse do espetáculo.

A Entrada gratuita, mediante levantamento prévio de bilhete na Torre da Oliva/Loja de Turismo de S. João da Madeira (contacto Bilheteira/Reservas: 256 200 204 | 916 515 822) ou nos Paços da Cultura/Junta de Freguesia de S. João da Madeira (contacto Bilheteira/Reservas: 256 200 540).

Colocar comentário

Clique aqui para colocar um comentário

Todas as Categorias