Avanca 2023 traz formação de curta duração

Data:

Pelo segundo ano consecutivo, o 27º AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia promove no espaço da Escola Egas Moniz em Avanca, três formações de curta duração. Estas ações são reconhecidas e certificadas para progressão de carreira de todos os docentes do Ensino Básico e Secundário, pelo Centro de Formação da Associação para Formação ATEXXI.

O encontro dos espaços da ESCOLA e do CINEMA volta a acontecer no festival de cinema em Avanca, numa preocupação em apoiar o corpo docente das nossas escolas no espaço da criação fílmica artística.

Sob orientação do cineasta premiado e educador João Católico e do investigador e também docente Ricardo Braga Silva, as ações decorrem nos dias 27 a 29 de julho próximo, estando já abertas as candidaturas.

“A IMAGEM ANIMADA EM SALA DE AULA” será explorada por João Católico numa formação ao longo de 6 horas de quinta-feira dia 27 de julho.
A criança, embora seja consumidora de cinema de animação, desconhece, na maioria dos casos, como se processa a ilusão do movimento ou como se produz um filme animado.
O avanço da tecnologia permitiu que qualquer pessoa, mesmo sem grandes recursos tecnológicos, possa fazer um filme de animação já com qualidade profissional. Isto também se aplica às escolas.
O cinema de animação permite iniciar os alunos para a diversidade da linguagem cinematográfica, bem como desenvolver a reflexão e a crítica a respeito dos conteúdos audiovisuais aos quais somos expostos diariamente.
São objetivos desta formação:
– Fornecer conhecimentos e técnicas variadas para o desenvolvimento de novas práticas de ensino, no âmbito da animação de imagens;
– Proporcionar o desenvolvimento de estratégias ativas de ensino aplicando a imagem em movimento, reforçando a importância para o trabalho em grupo colaborativo;
– Sensibilizar os professores para a importância da integração das tecnologias da informação e comunicação no processo de ensino-aprendizagem;
– Conhecer e utilizar software específico de manipulação e tratamento de imagem com vista à criação de recursos didáticos;
– Analisar criticamente narrativas visuais, tendo em conta as técnicas e tecnologias artísticas.

João Católico dirigirá também a ação “NARRATIVAS VISUAIS – EDIÇÃO VÍDEO”.
Decorrendo durante 6 horas da sexta-feira dia 28 de julho, esta ação preocupa-se com o uso do vídeo na educação que se tem tornado cada vez mais comum e relevante. Os vídeos são uma ferramenta poderosa para motivar os estudantes, apresentar conteúdos de forma mais dinâmica, promover a aprendizagem ativa e estimular a criatividade.
São objetivos desta formação:
– Capacitar os professores a dominarem as técnicas de edição de vídeo e pós-produção, incluindo o uso de software e ferramentas específicas. Isso envolve aprender a importar, cortar, montar, adicionar efeitos, ajustar áudio e exportar vídeos com qualidade;
– Mostrar como os recursos visuais, como vídeos, podem ser integrados de forma eficaz ao currículo escolar, enriquecendo as aulas e facilitando a compreensão dos estudantes através do uso de elementos visuais, gráficos, animações, legendas e efeitos especiais;
– Sensibilizar os professores para a importância da integração das tecnologias da informação e comunicação no processo de ensino-aprendizagem;
– Conhecer e utilizar software específico de manipulação e tratamento de imagem com vista à criação de recursos didáticos;
– Analisar criticamente narrativas visuais, tendo em conta as técnicas e tecnologias artísticas.

A ação “CINEMA SEM CONFLITOS – O PAPEL DO PROFESSOR MEDIADOR” será orientada por Ricardo Braga Silva, durante a tarde do sábado dia 29 de julho.
Esta ação propõe-se formar professores para aproveitar o potencial do cinema na prevenção e mediação de conflitos, bem como explorar estratégias práticas de preparação dos alunos para lidarem com situações hipotéticas que possam surgir no seu quotidiano.
São objetivos desta formação de 4 horas:
– Refletir sobre o papel do professor mediador;
– Usar o cinema na transmissão de mensagens complexas;
– Otimizar pesquisas de filmes online em plataformas de livre acesso;
– Promover experiências cinematográfica imersivas em contexto escolar;
– Preparar estratégias de prevenção e mediação eficazes.

As inscrições podem ser feitas no site https://avanca.com

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Boas-practicas de arquivos em encontro ibérico

O Município de Albergaria-a-Velha marcou presença no II Encuentro...

Apoio ao arrendamento em Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro volta a...

Câmara da Mealhada com obras nas unidades de saúde no valor de 3,5 milhões

Foram assinados em Coimbra, os contratos de financiamento para...

Biblioteca de Albergaria-a-Velha celebra 11 anos

No dia 21 de Junho, sexta-feira, às 20h30, haverá...
Send this to a friend