Os vencedores do 27º Festival de Cinema de Avanca falam japonês e mirandês

Data:

“Trapped Balloon” é o grande vencedor do “27º Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia – AVANCA 2023”, encerrando os 10 dias de um festival de cinema que teve como matriz a IA – Inteligência Artificial.
Realizado pelo cineasta japonês Hiroyuki Miyagawa, este filme ganhou o Prémio Cinema para a Melhor Longa Metragem. Um filme que marca o reencontro com o pai e uma ilha.

Foram ainda distinguidas com Menções Especiais as longas–metragens “The Ballad of Piargy” de Ivo Trajkov (Eslováquia) e “Nargesi” de Payam Eskandari (Irão). O filme da Eslováquia foi ainda distinguido com o Prémio para a melhor cinematografia (Peter Bencsik) e melhor atriz (Judit Bardos). O ator Hossein Eskandari  do filme “Nargesi”, foi distinguido com uma menção especial.

O Prémio Curta Metragem foi para o filme “Mate” de George-Alex Nagle (Austrália), que foi igualmente distinguido como melhor argumento e melhor ator para Jeremy Blewitt. A curta metragem “Vivir toda la vida” de Marlén Ríos-Farjat (México) recebeu uma Menção Especial.
Também o ator Max Pemberton recebeu uma Menção Honrosa pelo seu papel no filme “Trinou” de Nejib Kthiri (Tunísia).
O Prémio de animação foi atribuído a “Koerkorter Dog – Apartment” de Priit Tender (Estónia).

O júri de cinema foi presidido pelo cineasta luso francês António Amaral, tendo integrado igualmente os cineastas Issaad Salah (Argélia), Guenny K. Pires (Cabo verde), Eva Libertad e Nuria Muños (Espanha).
O filme “Nargesi” de Payam Eskandari (Irão) foi o vencedor do Prémio D. Quixote da FICC – Federação Internacional de Cineclubes, de que foi júri Günther Kinstler (Alemanha), K.P Pathak (Nepal) e Isa Mateus.

“Capa de Honras” de Rui Falcão, recebeu o Prémio Competição Avanca e Prémio Estreia Mundial, tendo os filmes “Mil Pássaros no Bairro Padre Cruz” de Luís Margalhau e “O Resgate da Cor” dos alunos da Escola Monsenhor Miguel de Oliveira de Válega,  sobre coordenação de João Católico, recebido uma Menção Especial.
Rodado na região de Miranda do Douro, o filme tem o título em Mirandês “Capa de Honras La Cuonta de L Garotico I L Bielh” (Capa de Honras, a história do menino e do velho).
O júri foi constituído pelo ator José Neto, o realizador Luís Moya e a investigadora Katrin Pieper.

O prémio vídeo foi atribuído a “Alex Stein Show” de Carlos Cruz (China/Portugal), pelos críticos de cinema Germano Campos e Nuno Reis.
Conjuntamente com o realizador João Cayate, este júri atribuiu o Prémio Séries de Televisão ao programa francês “Tutopique #Slogan” de Maurice Huvelin.

O documentário “Carpenter” de Xelîl Sehragerd (Irão) ganhou o Prémio Televisão e “Dioses de México” de Helmut Dosantos (México) e “Guarnicê – uma história pra contar” de Fernando Baima (Brasil) foram distinguidos por Menções Especiais. O júri foi constituído pelo fotógrafo Mike Haydon (Reino Unido), pelo poeta António Souto, pelos jornalistas Fernando Pinho, Manuel Freire, pelo ator Carlos Rico, pelo pintor Henrique Vaz Duarte e pela professora Fátima Cabral.

O filme “Na berma” de César Santos foi distinguido com o Prémio Cineastas <30 anos, destinado a realizadores com menos de 30 anos. Nesta categoria foi ainda atribuída uma Menção Honrosa para “Os planaltos” de Yvonne Kerekgyarto (Hungria).
O Prémio Sénior foi atribuído a “Nargesi” de Payam Eskandari, tendo a curta “Horário em Branco” de Bernardo Cabral recebido uma Menção Honrosa. O júri destes prémios foi constituído pela investigadora Cláudia Martins e pelo cineclubista Pedro Medeiros.

A competição “Trailer in Motion” distinguiu o trailer do filme “The ballad of Piargy” de Ivo Trajkov (Eslováquia) e o videoclipe “Velhote do Carmo – Será Romeu?” de Pedro Filipe Lopes. Receberam Menções Especiais o trailer “Segunda Via” de Tiago Roma Almeida e o vídeo clip “Sidus Taurus – Zeitgeist” de Viktoria Yudina, Alexander Perkov (Russia). O júri foi constituído pelo músico Sérgio Ferreira, o cineasta Francisco Ávila e o investigador Artur Barros Moreira.

O prémio Debatevolution, atribuído pela primeira vez a obras com um contexto científico e ou histórico relevante, foi para “Invisible World” de Manuel de Coco (Grécia), tendo “Galileo chini a Montecatini” de Marcello Zeppi (Itália), recebido uma Menção Especial.

Entretanto, na “AVANCA|CINEMA, Conferência Internacional Cinema – Arte, Tecnologia, Comunicação”, o Prémio Eng. Fernando Gonçalves Lavrador, em homenagem póstuma a um dos mais relevantes investigadores portugueses na área da semiótica, estética e teoria do cinema, distinguiu o investigador Daniel Oliveira Silva da Universidade da Beira Interior. Com uma Menção Honrosa foi também distinguida a comunicação de Ricardo Braga Silva, José Alberto Rodrigues e Ivan Roberto Gouveia.
O júri deste prémio foi constituído pelos académicos  José Ribeiro (ID+), Glória Moreno (Universidad Rey Juan Carlos, Espanha), Manoela Rodrigues (Universidade Federal de Goiás, Brasil), Susana Lozano (Universidad Rey Juan Carlos, Espanha),Liliana Rosa (Instituto Politécnico de Tomar) e Jochen Dietrich (GSK, Alemanha).

No total, 11 júris constituídos por 30 individualidades de 9 países atribuíram 18 prémios e 15 menções especiais.

O AVANCA acontece todos os anos em Avanca e é uma organização do Cine-Clube de Avanca e do Município de Estarreja com o apoio do ICA/Ministério da Cultura, Instituto Português do Desporto e da Juventude, Turismo Centro, Junta de Freguesia e Paróquia de Avanca, Agrupamento de Escolas de Estarreja, para além de várias organizações internacionais e entidades locais.

Redação
Redação
Na redação trabalhamos diariamente para o informar de uma forma isenta, trabalhando apenas a verdade. Porque sabemos que preza o nosso valor, porque sabemos que nos segue, nos lê e nos dá o seu apoio.
Publicidadespot_img

PARTILHAR ESTA NOTÍCIA:

Subscrever

Publicidade

spot_img

POPULARES

MAIS DESTAS NOTÍCIAS
RELACIONADOS

Boas-practicas de arquivos em encontro ibérico

O Município de Albergaria-a-Velha marcou presença no II Encuentro...

Apoio ao arrendamento em Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro volta a...

Câmara da Mealhada com obras nas unidades de saúde no valor de 3,5 milhões

Foram assinados em Coimbra, os contratos de financiamento para...

Biblioteca de Albergaria-a-Velha celebra 11 anos

No dia 21 de Junho, sexta-feira, às 20h30, haverá...
Send this to a friend